CRIANÇA NÃO FOI ESTUPRADA SEGUNDO LAUDO DO IML, AFIRMA DELEGADO ALEX ALMEIDA - CLÁUDIO ANDRÉ O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 15 de abril de 2016

CRIANÇA NÃO FOI ESTUPRADA SEGUNDO LAUDO DO IML, AFIRMA DELEGADO ALEX ALMEIDA

Dr. Alex Almeida - Delegado/BC
O delegado de Bom Conselho, Dr. Alex Almeida, recebeu do IML da cidade de Caruaru, o laudo do exame sexológico feito na criança A.B.S.S de dois anos de idade, que segundo informação da mãe, ela teria sido estuprada por pelo menos duas pessoas. Inclusive, o caso foi divulgado por blogs que não buscaram a informação concreta. O resultado do IML consta que não houve lesão e sinais de violência.

Diante da experiência policial o delegado Alex e sua equipe de investigação, sempre acharam que a mãe da menina mentiu, pois ela se mostrou muito nervosa em sua oitiva, além de que suas declarações foram incompatíveis com a das testemunhas.

A versão da mãe foi a seguinte para a Polícia Civil: Que no dia 25 de março passado, a menor foi retirada dos braços a força por dois homens a trancaram dentro de uma casa por meia-hora e depois devolveram. A senhora Maria Aparecida Soares da Silva, mãe da criança, informou ao delegado que sua filha estava suja de sangue e temia que ela tivesse sido estuprada pelos acusados, apontados por ela.

A partir que o delegado ouviu a mãe da criança e testemunhas, o laudo de Exame Contra a Dignidade Sexual, feito no IML de Caruaru, confirmou toda a hipótese de desconfiança por parte das autoridades policiais.

Depois disso, a polícia civil dará sequência as investigações para apurar possível responsabilidade da denunciante, onde poderá responder por crime de "denúncia caluniosa" (pena de 2 a 8 anos de reclusão). Mas, vai depender do Ministério Público. O delegado Alex Almeida está aguardando também o laudo psicológico da vítima.

É mais um caso desvendado com sucesso pelo competente delegado da cidade de Bom Conselho e sua equipe de trabalho.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE