O FORROLÉGIO 2016 Tema: “Nos acordes da Sanfona, Preservando a Natureza.” - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 11 de julho de 2016

O FORROLÉGIO 2016 Tema: “Nos acordes da Sanfona, Preservando a Natureza.”

O Colégio de Nossa Senhora do Bom Conselho, no dia 26 de junho de 2016, veio apresentar seus festejos juninos baseado no tema do seu Projeto ” Nos Acordes da Sanfona, Preservando a Natureza.”
Com vigorosa identidade e analogia cultural, o referido projeto,  está condensado em torno de si, uma série de elementos da cultura local e regional na qual se ancora a tradição junina e o seu imaginário. 
Essa colagem de imagens, sons, ritmos, crenças, valores, representações, práticas e manifestações, são teias significativas que o imaginário social abriga juntamente com outros elementos e é proveniente de várias raízes, que nem sempre é fácil o discernimento e a identificação das fontes de suas origens.
Tais manifestações veio dividas em dois momentos o primeiro, tivemos as Apresentações Culturais e em seguida A Gincana Junina, que teve-se como participantes os estudantes a partir do 4º Ano ao Ensino Médio. 
Foi utilizado a quadra esportiva (espaço de atividades físicas e dar lugar ao colorido e a animação tradicional dos festejos juninos, em ritmo cadenciado pela música junina, bem como uma arena de exposição, onde foi mostradas atividades alusivas às cidades de pesquisa em Aulas de Campo com nossos estudantes.
Adicionar legenda
As Festividades tiveram a com o abertura um grande festival eclético de imagens, com uma expressão pejorativa representada por educadores do CNSBC.
Quanto mais a nossa cultura consegue agrupar e integrar esses elementos sem fugir de suas formas identitárias, mais é considerada autêntica, pois, assim, consegue representar os valores e os sentimentos de pertença do grupo regional.
O Forrolégio é um evento que consegue reunir diversos elementos diferenciados que constituem a cultura nordestina e sintetiza várias manifestações dispersas no interior do imaginário social da cultura regional.  A ideia veiculada de que o Festejo Junino  é a marca do nosso povo,  que expressa e manifesta a nossa cultura. 
É entretecida por um conjunto de narrativas produtoras e mediadoras de sentido que constroem a teia significativa que envolve as noções de identidade regional e cultura.

 “Nos acordes da Sanfona, Preservando a Natureza.”

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE