MOTO: UM CASO DE POLÍCIA por Alexandre Tenório - CLÁUDIO ANDRÉ O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 30 de março de 2017

MOTO: UM CASO DE POLÍCIA por Alexandre Tenório

Amigo leitor vou ser muito incisivo e duro nesta minha análise, sobre este flagelo que esta dizimando os nossos jovens - em todas as cidades brasileiras e especialmente em nosso Bom Conselho. Nos últimos 30 dias houve muitos acidentes de motos em nosso município que resultou em 3 mortes. 
Tenho três filhos e eles desde criança foram proibidos de andar de moto, e comprar uma moto para um filho meu foi algo totalmente fora da minha realidade. 

Quando um pai compra uma moto para um filho que não tem habilitação e nem idade para pilotar o referido veículo, ele esta sendo de uma irresponsabilidade fora do comum.
 
As pessoas dizem que moto é caso de saúde pública eu complemento e digo que é também de polícia e vou dizer aos senhores o porquê é também um caso de polícia. 

Em nosso município apenas 3% dos condutores de moto tem habilitação, somente 5% das motos estão em dia com o IPVA. Se a polícia fizesse blitz diariamente na nossa cidade, o numero de motos circulantes cairia assustadoramente e com isto os acidentes diminuiriam. Por isto que moto é um caso de polícia. 
Quando um irresponsável com o cu cheio de cachaça se acidenta e vai para o hospital e o médico de plantão tem de deixar o plantão para acompanha o indivíduo até outra cidade, é um caso de saúde pública, pois ao deixar o hospital para sair com este indivíduo, o médico deixa no hospital várias pessoas que estão precisando de atendimento e que serão prejudicadas por este irresponsável. 

Outra coisa grave que acontece com estes condutores irresponsáveis é a forma deles dirigirem, pois não existem regras para serem cumpridas, dou como exemplo a loucura de passar pelo um carro usando o lado direito, pois qualquer movimento do veiculo nesta direção à merda esta feita. 

Para terminar devo dizer que existe dois culpados para o que esta existindo em nossa cidade e em outras cidades - primeiro é os pais e segundo é a polícia, que não toma as devidas providências com aqueles que não estão respeitando as leis. 

Este meu artigo é em homenagem ao DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE que é comemorado hoje. É um artigo duro, porém com a finalidade de salvar a vidas dos nossos jovens. 
  
Alexandre Tenório: Escritor, empresário e historiador

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE