UNIVERSITÁRIOS BONCONSELHENSES SÃO VÍTIMAS DE ASSALTO NO CENTRO DA CIDADE - CLÁUDIO ANDRÉ O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 4 de maio de 2017

UNIVERSITÁRIOS BONCONSELHENSES SÃO VÍTIMAS DE ASSALTO NO CENTRO DA CIDADE

UM RELATO VERDADEIRO
Confiram o relato de um jovem universitário que juntamente com uma colega, foram vítimas de ações de "meliantes mirins", quando cometeram um assalto na região central de Bom Conselho. O universitário Edvaldo Oliveira, enviou para a redação do Blog do Poeta, seu desabafo.

"Acordar 5:00h da manhã, tomar banho, tomar café e descer correndo para não perder ônibus. Essa é a realidade de muitos universitários bomconselhenses. Passamos no vestibular e alegria é imensa, o sonho de entrar em uma universidade é realizado. Os livros são nossas armas, as madrugadas de estudos são nossas aliadas, a biblioteca é nosso esconderijo. Fugimos? Sim, Sempre. Fugimos das provas finais, das recuperações, das notas baixas. O que queremos? Concluir o curso e seguir a carreira profissional e/ou acadêmica. 
A universidade é nossa segunda casa. Vamos de manhã, a tarde e sempre a noite. A todo instante estamos lutando por nossos sonhos. Quando o cansaço bate, deitamos, mas depois lavamos o rosto e continuamos tudo de novo, enfrentando várias listas de exercícios e vários outros trabalhos. 
A noite estamos voltando pra casa, o cansaço toma conta de nosso corpo. Nas estradas arriscadas seguimos viagem, ansiosos por chegar em casa para poder descansar, ou para terminar aquele relatório ou atividade importante. 
Essa é a vida de um estudante universitário. Muitas vezes me perguntam: “você não cansa?”, “já pensou em desistir?”, ”Como você aguenta?” E a resposta é única. Gosto do que faço, quero realizar meus sonhos com força, dedicação e acima de tudo, fé. 
Mas muitas vezes nos deparamos com situações absurdas e dignas de total condenação. Relato aqui um fato ocorrido na noite desta terça feira, em Bom Conselho. Quando voltávamos da faculdade, eu e uma amiga, fomos abordados por dois adolescentes armados que nos assaltaram.
Estou reclamando pro que perdi o celular? Não. Não estou reclamando apenas por isso. O fato indignante é ver a falta de respeito, por parte das autoridades do município, para com a população. 
A falta de segurança é inadmissível. Aquele “papo” de que o jovem deve ter oportunidade de crescer, e o município está investindo em melhorias e coisas afins, é em grande parte, propaganda enganosa e artimanhas para conseguir votos em época de eleições. 
O que queremos? Queremos poder voltar da faculdade, descer do ônibus, e ir pra casa sem medo de perder o computador, o celular ou até mesmo a vida. 
Mas infelizmente não podemos fazer muita coisa, os bandidos são adolescentes, não podem ser presos. Os defensores dos oprimidos aparecem julgando os marginais e classificando-os como pobres vítimas da sociedade. Como crianças sem estrutura familiar e sem oportunidade de crescer na vida".
Discordo Inteiramente!
Só queremos poder estudar, poder chegar em casa com segurança. 
Queremos estudar!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE