PROFESSORA DE BOM CONSELHO RECEBE SEIS REAIS E SESSENTA E QUATRO CENTAVOS COMO SALÁRIO - CLÁUDIO ANDRÉ O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 1 de junho de 2017

PROFESSORA DE BOM CONSELHO RECEBE SEIS REAIS E SESSENTA E QUATRO CENTAVOS COMO SALÁRIO

Sou professora da rede Municipal de Bom Conselho , há 20 anos concursada, e estou em greve juntamente com os demais colegas e por esse motivo tive o meu salário descontado não só eu como tds q estão na luta, pelo gestor o qual BALANCEI MUITO A BANDEIRA  AMARELA, por minha livre e espontânea vontade  ao qual depositei minha confiança. 
Hoje o meu salário restou em R$: 6,64.  
O que irá fazer  uma mãe de família com esse valor?
Um dos motivos pelo qual estamos em greve é o repasse federal de 7,64% de reajuste. Estamos vivendo um momento que jamais imaginávamos enfrentar em nossas vidas profissionais. 
E agora a incorporação da gratificação de gerência (o antigo pó de giz) aos nossos salários o qual irá nos deixar sem aumento durante uns 6 anos. Fora a perca que estamos tendo de mudança de faixa e de nível. 
Isso está sendo uma afronta a nossa categoria. Acreditamos ser isso uma injustiça e um desrespeito não só com os trabalhadores em educação com os nossos alunos. Sem falar em outras questões estruturais q nos fazem travar uma luta constante para garantir qualidade de ensino aos nossos alunos.
Escrevo estas palavras com uma profunda tristeza ao lembra-me da professora cheia de sonhos q a vinte anos ingressa nesta carreira acreditando q poderia contribuir na formação do cidadão brasileiro e ajudar construir uma sociedade mais justa e igualitária. E acredito sinceramente que tenho contribuído. 
Existe as questões práticas de nossas vidas q precisam ser supridas com um SALÁRIO DIGNO. Estudamos 15, 16 e até 17 anos pq acreditamos em nossa profissão. NÓS ACREDITAMOS! 
O gestor agora encaminha para Câmara Municipal um projeto de lei o qual a sua proposta indecente é de dar 2% de aumento e incorporar os 30% de regência aos nossos salários. Que esses 30 % conseguimos com muita luta e já  existe há mais de 16 anos. Deixando nas mãos dos vereadores responsabilidade da aprovação ou não do projeto e é bem possível q seja, aí vai da consciência de cada vereador. 
Só um milagre de DEUS. Aí será dado o golpe de misericórdia em nossa categoria. E como explicar aos nossos alunos q não é mais necessário estudar e se aperfeiçoar para ser um professor ? Porque a classe não é reconhecida respeitada e nem remunerada como deveria ser.
por Lucila Tenório Vieira - Professora

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE