AS RAPIDINHAS DA TARDE DO BLOG DO POETA NESSA TERÇA-FEIRA, 14/11 - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 14 de novembro de 2017

AS RAPIDINHAS DA TARDE DO BLOG DO POETA NESSA TERÇA-FEIRA, 14/11

1. Cantadas e assédios a mulheres passarão a ter multa de R$ 2 mil em Fortaleza. 
2. Mulher é morta pelo ex na frente dos filhos após denunciá-lo várias vezes por agressão.
3. STJ autoriza Assembleia de SP a publicar nome e salário de servidores.
4. Processado por dizer que a Polícia Civil do RN não trabalha, capitão da PM faz acordo e volta a pedir desculpas.
5. Brasil poderá proibir celular no trabalho, com direito a punições
O projeto de lei nº 9066/2017 de autoria do deputado federal Heuler Cruvinel (PSD/GO) visa proibir celulares em ambiente de trabalho, bem como propor punições para o uso. Única exceção seria para funcionários que usam os aparelhos com propósitos específicos de trabalho.

6. Jovem é preso suspeito de matar os pais a pedradas dentro de casa
Um jovem de 27 anos foi preso suspeito de matar os pais dentro de casa em Jaraguá. Os corpos foram encontrados com marcas de pedradas e perfurações no pescoço. Vizinhos ficaram assustados com o crime.

7. Suspeito de ter ateado fogo em irmãs tinha um ‘caso’ com a mãe das meninas
O funcionário público Idair dos Reis Maria, de 44 anos, é o principal suspeito de ter ateado fogo e agredido duas irmãs de 5 e 7 anos, segundo o diretor de Polícia Civil do Interior (DPI) Arismar Araújo. As crianças foram encontradas nuas na manhã de domingo (29) na área rural de Rolim de Moura (RO), município a 402 quilômetros de Porto Velho, próximo de uma represa. A mãe das meninas está desaparecida e o suspeito segue foragido.

8. Mãe aceitou R$ 5 para autorizar abuso sexual contra filha de 11 anos, diz PM
Um homem foi preso e o Conselho Tutelar autuou os pais de uma menina de apenas 11 anos em Parnaíba, litoral do Piauí, nessa quarta-feira (25). Policiais do Grupamento de Atendimento Especializado à Criança, ao Idoso e à Mulher (Gaecim) flagraram a tentativa de abuso contra a criança e, segundo a comandante, capitã Leoneide Rocha, a mãe recebeu R$ 5 do suspeito para autorizar o ato.

9. Com salários de R$ 8 mil e recesso de 5 meses por ano, vereadores de cidade do RN aprovam auxílio de R$ 1 mil
Uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores de Assu, e sancionada pelo prefeito da cidade na semana passada, causou polêmica no município da região Oeste potiguar. É que, além do salário de R$ 8 mil, os parlamentares agora vão receber R$ 1.040 de auxílio alimentação.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE