PADRASTO MATOU A ENTEADA COM MARTELADAS ENQUANTO ELA DORMIA, DIZ DELEGADO DE BOM CONSELHO - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

PADRASTO MATOU A ENTEADA COM MARTELADAS ENQUANTO ELA DORMIA, DIZ DELEGADO DE BOM CONSELHO

Numa entrevista exclusiva para o blogueiro e radialista, Cláudio André, o delegado da cidade de bom Conselho, Alex Almeida contou os detalhes do crime que chocou a cidade de Bom Conselho, que foi a morte da estudante Keylla Azevedo de 14 anos de idade, onde o padrasto, Ricardo Teixeira, confessou o crime perante a autoridade policial.
FOTO ILUSTRATIVA
Por quase meia-hora, o delegado narrou a frieza de uma pessoa que já tinha dado sinais de psicopata. Matou a filha adotiva de 14 anos com uma marreta pontiaguda enquanto ela dormia. 
Segundo, Ricardo Teixeira, o padrasto assassino, confessou ao delegado Dr. Alex, que tinha "ciúmes obsessivos" pela enteada e que em outras ocasiões mais recentes, ele quebrou um celular e uma televisão dentro de casa pelos mesmos motivos. 
Na noite que antecedeu o crime, ele não gostou quando a estudante chegou em casa com um vestido para usar na formatura e foi mostrar a mãe.
Daí, houve uma discussão entre o casal e "ele teria dito que aquele vestido não era coisa de formatura e  serveria para ela ser paquerada"
Na noite de segunda-feira, 11/12, ele foi dormiu no sofá, enquanto a mãe e as duas filhas num colchão de casal na sala.
Próximo das 6 horas da manhã, a senhora Jadilma, saiu para academia e deixou as duas filhas dormindo, enquanto que ele estava deitado no sofá.
Em seguida, levantou-se, foi ao banheiro escovar os dentes e viu a marreta próximo onde as meninas dormiam. Ele relatou ao delegado que nesse momento pegou a marreta e com muita força golpeou na cabeça da Keylla enquanto ela dormia com a outra menina, filha dele, ao lado.
Disse o padrasto ainda, que já na primeira "MARRETADA" ela nem se mexeu e daí por diante deu em seguida outros golpes com a parte "PONTIAGUDA"
Eis o motivo da polícia achar que tinha sido com uma faca o motivo da morte da adolescente, até porque, no laudo do IML apontou, segundo relatos, com "feridas punctórias causadas por instrumentos perfurantes". Todo o relato nesse blog, consta nos autos do processo de investigação.
Todos os leitores desse blog, saberão um pouco mais sobre esse crime através de um vídeo que será exibido dentro de instantes. Aguardem!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE