PROCURA-SE FAMILIARES DE ADOLESCENTE QUE FOI ABANDONADO PELA MÃE NA CIDADE DE CRAÍBAS EM ALAGOAS - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

PROCURA-SE FAMILIARES DE ADOLESCENTE QUE FOI ABANDONADO PELA MÃE NA CIDADE DE CRAÍBAS EM ALAGOAS

Danilo dos Santos, 15 anos
Foi abandonado pela mãe

Uma sobrinha da senhora Veraci da Silva Guimarães, 62 anos de idade, moradora da Travessa Manoel Bandeira, entrou em contato com a redação desse blog para solicitar a seguinte ajuda:
No ano de 2003, Dona Veraci da Silva, morava na cidade de Craíbas, agreste de Alagoas, quando conheceu a senhora Ana Lúcia Conceição dos Santos, que naquele ano tinha acabado de parir uma criança. 
Por falta de condições de criar o recém nascido e por está sendo mal tratado pela mãe biológica, aos três meses de vida, a senhora Veraci, pegou para criar como se fosse um filho dela. Hoje, o garoto vai completar 15 anos de idade. Como a mãe de criação, já está com idade acima dos 60 anos, pretende encontrar os verdadeiros familiares do menino Danilo dos Santos. 
Segundo familiares de dona Veraci, quando pegou esse menino para criar, ele era muito raquítico, doente, cheio de ferida e muito mal tratado pela mãe biológica. Hoje, o adolescente está saudável, porém, não conhece seus verdadeiros familiares.

No registro de nascimento do garoto Danilo dos Santos, tem os seguintes dados:
Data de Nascimento: 24 de maio de 2003
Local: 
Maternidade do Hospital Monsenhor Alfredo Dâmaso 
Horário: 11:30 h
Mãe: Ana Lúcia Conceição dos Santos
Pai: Ignorado
Avós Maternos: 
José Monteiro dos Santos e Noêmia Maria da Conceição

RESUMINDO
Passados quase 15 anos, a mãe nunca procurou pelo filho e não se sabe o paradeiro dos familiares da mãe legítima do garoto que foi criado por Dona Veraci da Silva Guimarães. Segundo informações, existe parente da mãe do menino (Ana Lúcia) na região de Logradouro dos Leões, como por exemplo, o avô José Monteiro, desse adolescente que foi abandonado pela mãe. 
Para manter contato sobre essa história um tanto quanto complicada para entender, deve-se ligar para o seguintes números: (87) 9 9909-9186 / (87) 9 8145-5104, falar com Irailda.
Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE