MANÉ CAJU - O SANFONEIRO DE BOM CONSELHO por Alexandre Tenório - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

INSTITUTO PRÓ SABER - O LUGAR IDEAL PARA VOCÊ SE QUALIFICAR

INSTITUTO PRÓ SABER - O LUGAR IDEAL PARA VOCÊ SE QUALIFICAR

sábado, 10 de fevereiro de 2018

MANÉ CAJU - O SANFONEIRO DE BOM CONSELHO por Alexandre Tenório


COLUNA ENSAIO GERAL
MANÉ CAJU
É com muita tristeza que recebi a noticia da morte deste grande SANFONEIRO de nossa terra, Mané Caju. Mané era aquele morenão forte, alto, sempre de bigode e acima de tudo simpático. Nunca vi Mané com cara feia, sempre rindo e humilde.
Mané Caju era simples até no instrumento que tocava, pois o pé de bode dele só tinha 8 baixos, que é o mínimo que uma sanfona pode ter. Porém com apenas 8 baixos ele pintava uma miséria, tocava bem - tocador de 8 baixos podia tocar igual a ele, porém não melhor que ele.
Vai aqui os meus sinceros pêsames a dona Neci sua parceira pelo longo da vida, que deus lhe dê força para enfrenta a vida sem ele.

Postar um comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE