CELULAR EXPLODE E PROVOCA QUEIMADURAS NA BUNDA DE COMERCIANTE PAULISTA - CLÁUDIO ANDRÉ - O POETA

Publicidade

test banner

Ultimas!

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 6 de março de 2018

CELULAR EXPLODE E PROVOCA QUEIMADURAS NA BUNDA DE COMERCIANTE PAULISTA

Um comerciante sofreu várias queimaduras na região dos glúteos após um aparelho, que ele carregava no bolso da bermuda, acabar explodindo na manhã desta terça-feira (6). O acidente aconteceu enquanto a vítima fazia compras em um supermercado de Santos, no litoral de São Paulo, ao lado da mãe. O aparelho ficou completamente destruído.
Segundo apurado pelo G1, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o homem para a emergência da Santa Casa de Santos, onde ele estava recebendo atendimento médico por volta das 11h45.

De acordo com a mãe do comerciante, Diva Soares Teixeira, de 70 anos, Victor Alexandre de Oliveira, de 40 anos, começou a gritar de dor e percebeu que estava saindo muita fumaça do bolso de trás da sua bermuda. Foi quando os dois perceberam que o celular havia explodido, mesmo sem estar sendo usado.”Estávamos subindo a rampa do supermercado e ele sentiu queimar. O celular explodiu do nada, não temos a menor ideia do motivo. Não fez nenhum barulho. Percebemos porque saiu até fumaça e queimou. Eu ainda estou muito nervosa, não sei o que vai acontecer com ele. Eu saí de casa para ir ao supermercado e acabei no hospital”, lamenta.

Em nota, a Santa Casa de Santos, por meio de sua assessoria de comunicação, informa que o paciente teve ferimentos leves, com queimaduras de 1° grau e pequenas queimaduras de 2° grau, sendo liberado após atendimento, não havendo necessidade de internação.
O Samu de Santos informa que atendeu a ocorrência por volta das 9h45 desta terça-feira na Rua Moema, na Ponta da Praia, próximo à avenida portuária. A vítima sofreu queimaduras no glúteo e nas mãos após o celular explodir. Ele foi removido consciente para a Santa Casa de Santos, hospital de referência para queimados na região.
Fonte: G1

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE